quarta-feira, 7 de junho de 2017

Curta o curto LXXI

As maçãs de ouro geram guerras, ficarei com as podres...
Adubar a terra árida que por acaso (ou descaso?) deixaste...
As sementes já não produzem cianeto!...

16 comentários:

  1. Sempre intensos versos...Lindo! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Chica!
      Estive viajando...desculpe-me a demora!

      Muito obrigada!
      Beijos! =)

      Excluir
  2. Prova de que sem água não haveria vida,
    sem humidade na terra não germinaram
    sementes semeadas na terra ressequida,
    se onde as semearam a terra não adubaram?

    Tenha uma boa tarde cara amiga poetisa Nadine, um beijo.
    Eduardo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Edu!
      Sem dúvida é preciso considerar uma série de fatores!...
      Muito obrigada!
      Beijos! =)

      Excluir
  3. Gosto de poemas curtos. Às vezes o melhor para nós não é o que reluz ouro. Beijinhos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aline!

      Concordo!... ou o que aceitamos, ou o que nos resta...
      Muito obrigada!
      Beijos! =)

      Excluir
  4. Rápido e direto, hein mocinha?
    imagino o tanto de joias que devem passar pela sua cabeça...
    uma pena que não posso bisbilhotar HAHAHAH

    E NÃO É UMA MIRAGEM: EU VOLTAAAAY
    E o domínio agora tem BR, hein??
    www.beinghellz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para tudo, Brasil!!!
      Hellzinhaaaaaaaaaaaaa, muito feliz por você!

      Hahaha, adoro!
      Beijão! =)

      Excluir
  5. De ouro, são os Poemas
    Que adubam o senso são.
    Os venenos são problemas
    Que não dão a vida, não!



    Beijo
    SOL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, SOL!

      Ah, que gostosa viagem os seus versos proporcionam!
      Muito obrigada!
      Beijos! =)

      Excluir
  6. Tão nostálgico e triste.
    Que as sementes deitadas à terra produzam dias de esperança, alegria e paz.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maria!

      Obrigada pela doçura!...

      Beijos! =)

      Excluir
  7. Poema curto, mas que nos faz reflectir bastante.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Graça!

      Sempre uma honra!
      Muito obrigada!

      Beijos! =)

      Excluir
  8. Oi menina querida!
    Posso demorar mais venho matar a saudade😊
    Muito bom 😊 um texto intenso e muito bem elaborado 👏🏻👏🏻👏🏻 Precisamos muitas vezes fazer essa adubação afinal a escolha é primordial.

    Beijos😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fê!

      Também sumi...
      Sua presença sempre é um brilho lindo!
      Muito obrigada!
      Beijos! =)

      Excluir

... Falta a sua pitada!...