segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Prece ao Nãoamor III


(Imagem de: http://www.fotolog.com.br/flavielephotos ... porque só uma alma sensível consegue fotografar detalhes igualmente dotados de sentidos)


Hoje não enxergo mais do que um pequeno fulgor...
Sentes decepção?
Pois... há dias que desejamos sair e sentir toda a pele queimar...
... Sentir que privar a vista é melhor do que reconhecer o frio!


Nãoamor... pense... tempos que não lhe rogo...
Então... transcenda!
Faça com que o sol volte a trautear cá dentro,
Faça com que a (in)diferença do meu pulsar determine faltas...


... Não colho flores, apenas alimento-me do que poderia...


Bata em outra janela... Deixai o sim aquentar-me...
Tirai novamente espinhos da rosa!!!





Que assim seja...
Nadine Granad.

4 comentários:

  1. "Que assim seja..."
    e que assim tenha percepção...

    Muito bom, além de ter gostado muito de ver uma das minhas imagens aqui. :)

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Flá!
    A poesia que gosta das suas imagens e fica!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. E se no assim, não assim ser
    já foi! Agora é consequencia da beleza!


    Raff..

    ResponderExcluir
  4. =) Obrigada pela visita Raffa!
    Abraços!

    ResponderExcluir

... Falta a sua pitada!...